COMUNICADO IMPORTANTE (por Alex Pazetto):

A quem interessar possa,

Já faz um tempo que tenho pensado na possibilidade de sair do Khrophus e ficar sem banda por um período indeterminado. Eu jamais havia pensado nisso anteriormente, pois montei minha primeira banda aos 14 anos de idade e desde então estive, sem pausas, envolvido intensamente com isso: ensaiando, viajando pra tocar, organizando shows, etc. Pensei muito, por várias semanas, tomando uma decisão bem difícil: deixar o Khrophus.

Os amigos mais próximos sabem o quando eu me dediquei a esta banda e o quanto a respeito desde que a conheci, muito antes de integrá-la. Meus grandes amigos e companheiros de palco, Adriano e Carlos, sabem disso melhor do que ninguém. É justamente para honrar esse respeito, que deixo o posto de vocalista e baixista. Esta função só deve ser exercida por alguém que possa se dedicar muito, e não é o que eu tenho feito ultimamente. Com o tempo, os interesses e prioridades da vida vão sendo moldados, muitas vezes sem motivos concretos, e não seria sábio nem justo manter-me em algo que respeito tanto sem a devida dedicação. Seria, inclusive, um desrespeito com os irmãos que dividem o palco comigo e com os fãs.
Diante disso, conversei sobre a minha decisão com os outros membros da banda há algumas semanas, de forma amigável, é claro, como em todas as nossas outras reuniões. Obviamente fui compreendido por eles, eu não tinha dúvidas disso! Todos os shows já agendados serão feitos com a minha participação, bem como os ensaios, até que toda a agenda seja cumprida. Coloquei-me integralmente a disposição da banda, até que outra pessoa assuma o posto.
Também é importante que saibam que tenho uma dívida impagável com o Khrophus, pois foi por causa dessa banda que pude conhecer grande parte dos amigos que tenho, além de diversos países e culturas mundo afora. Foram 8 anos fazendo centenas de shows em diversas regiões do Brasil, três turnês pela Europa, etc. Fora isso, ainda teremos um giro pela Argentina em junho, além de outros shows marcados pelo Brasil. Só posso agradecer muito, com a consciência de que um dia poderei me arrepender de ter saído da minha banda preferida. Faz parte. Acredito que bem pior seria continuar e talvez futuramente deixar de curtir a banda, coisa que agora, a partir da minha decisão, tenho certeza de que não acontecerá!

Desejo sorte ao Khrophus, para que continue em ascensão e encontre alguém que possa contribuir pra isso intensamente.
Adriano e Carlos, nós conquistamos muita coisa! Agradeço a vocês por me permitirem fazer parte disso tudo, pela grande amizade que temos e teremos sempre, bem como por tudo o que aprendi com vocês ao longo dos anos. Vocês sabem o quanto os respeito e admiro, e que isso está muito acima da banda.
Obrigado também a cada fã e amigo que apoiou e contribuiu para que eu tivesse a oportunidade de viver essa grande história. Talvez daqui algum tempo eu esteja nos palcos fazendo um som novamente, talvez não, mas independente disso, quero que saibam que sempre nos veremos por aí.

Aqui me despeço humildemente, mas de cabeça erguida!
Um grande abraço a todos /,,/


Alex Pazetto

IMPORTANT NOTICE (by Alex Pazetto):

That’s not a good english but I hope you can understand:

For the last months I have considered the possibility of leaving Khrophus and stay out of any band for an indefinite period. I had never thought about it before because I had my first band at 14 and has since I’ve been intensely involved with this, without a break: rehearsing, traveling to play, producing gigs, etc. I thought a lot for several weeks and I have a very difficult decision: leave Khrophus.

My friends know how much I dedicated myself to this band and how much I respect it, from a long time before integrating it. My great friends and brothers of music Adriano and Carlos knows that better than anyone. It’s to honoring this regard that I leave the vocalist / bassist work. This work should only be carried by someone who can devote a lot and it’s not what I’ve been doing lately. Over the time the interests and priorities are being shaped, often without clear reasons, and it would not be wise nor fair to keep me on something that I respect without proper dedication. It would be even a disrespect to the brothers who share the stage with me and to the fans.
I talked about my decision with the other band members a few weeks ago, of course in a friendly way, as in all our other meetings. I was understood by them, I had no doubt about that! All the shows already scheduled and rehearsals will be made with me, I’m integrally at the disposal of the band until another person get the work.
I have an unpayable debt to Khrophus because by this band I met a lot of friends, I traveled to many countries and I got know different cultures around the world. There were 8 years making hundreds of concerts in Brazil, three European tours, etc. We will have a tour in Argentina this month and other gigs scheduled through Brazil. I can only thank a lot, with the awareness that one day I can regret having left my favorite band. It makes part. I believe that could be worse continue and eventually stop to enjoy the band. After my decision, I’m sure it will not happen!

I wish good luck to Khrophus, to continue rising up and find someone who can contribute to this intensely.
Adriano and Carlos, we had a lot of victories together! Thank you for allowing me to be part of this band, for the friendship we will have forever and for everything that I learned with you over the years. You know how much I respect and admire you, and it’s too far above the band.
Thanks also to every fan and friend who supported and helped me to have the opportunity to live this great story. Maybe in time I’m on stage making music again, maybe not, but regardless I want you to know that we will always in contact.

I finish this text humbly, but with the head held high!
See ya! Best regards /,,/


Alex Pazetto

khrophus 2015